Os consumidores são os novos marketeers, diz a E.Life

Publicado em Briefing

Uma conclusão da E.Life, empresa especialista em Inteligência de Mercado e Gestão de Relacionamento nas redes sociais, reuniu as 12 tendências do mercado digital para este ano. Segundo o estudo, os consumidores são verdadeiros embaixadores das marcas, recomendando produtos e serviços a amigos, e os marketeers devem aproveitar esse fenómeno.

O Facebook Topic Data, uma API que recolhe dados anónimos de timelines, abertas ou fechadas, será uma ferramenta essencial para os marketeers, já que garante um volume seis vezes maior de informação dos utilizadores, comparativamente a outras redes sociais.

Também nestas plataformas sociais, as marcas terão de criar campanhas com histórias ou situações alinhadas com o presente, desenvolvidas em tempo real e que tenham interessa para o consumidor. O recurso a mailing lists para a customização de anúncios é outra das tendências apontadas pela E.Life.

Refere o relatório que os consumidores estão a ficar fartos de produções demasiado elaboradas e dão preferência a conteúdos reais, sem filtros e sem máscaras, priorizando aplicações como o Snapchat e o Periscope. Assim o real content e o live streaming constituem as principais apostas em social media para 2016.

As restantes tendências para o mercado, apontadas pela E.Life são a maior preocupação dos consumidores com a proteção de dados; a fusão do e-commerce e das compras físicas numa única experiência; o aumento das vendas de wearables de fitness; o desenvolvimento de sites e plataformas mobile-friendly; o cruzamento em tempo real das interações do consumidor com o WiFi na loja, a sua atividade nas redes sociais e os dados do cliente, como idade, género e interesses de compra; e ainda o reforço das relações one-to-one com os consumidores.

 

E.LIFE entre as 100 PME que mais crescem

A E.life está na lista das 100 empresas que mais crescem no Brasil, em 2016. 

A Deloitte, em parceria com a revista Exame, apresentou a 11ª edição da pesquisa sobre “As PME que Mais Crescem no Brasil”, um estudo que já é uma referência neste mercado.
Estamos muito, muito felizes!

Fonte: Deloitte (Conteúdo em português do Brasil)

saibamais